I wrote your name in the sky, but the wind blew it away... I wrote your name in the sand, but the waves washed it away... I wrote your name in my heart, and forever it will stay.
Domingo, 1 de Outubro de 2006
Ausência



Num deserto sem água
Numa noite sem lua
Num país sem nome
Ou numa terra nua

Por maior que seja o desespero
Nenhuma ausência é mais funda do que a tua.

                         

 

 

Sophia de Mello Breyner Andresen

sinto-me:

publicado por katrina19793 às 09:46
link do post | Respondes? | favorito

10 comentários:
De ainat a 1 de Outubro de 2006 às 10:42
Como eu me identifico com essas palavras ...

Beijinhos


De Secreta a 2 de Outubro de 2006 às 09:03
Tocam-me estas palavras ...
Uma ausência que nada nem ninguem pode preencher.
Deixo um beijito.


De mulher rochedo a 2 de Outubro de 2006 às 10:28
Ola bom dia

passa no meu blog e aceita o desafio ?

boa semana , bjos


De Carlos D a 2 de Outubro de 2006 às 14:43
Se

se por acaso
a gente se cruzasse
ia ser um caso sério
você ia rir até amanhecer
eu ia ir até acontecer
de dia um improviso
de noite uma farra
a gente ia viver
com garra


eu ia tirar de ouvido
todos os sentidos
ia ser tão divertido
tocar um solo em dueto


ia ser um riso
ia ser um gozo
ia ser todo dia
a mesma folia
até deixar de ser poesia
e virar tédio
e nem o meu melhor vestido
era remédio


daí vá ficando por aí
eu vou ficando por aqui
evitando
desviando
sempre pensando
se por acaso
a gente se cruzasse...

Alice Ruiz

bjs e um sorriso


De jpcfilho a 2 de Outubro de 2006 às 23:41
Olá Katrina, tudo bem? Obrigado pela visita... E de verdade gostei de teu poema...beijos
Espelhodesombras


De mulher rochedo a 3 de Outubro de 2006 às 10:39
Ola Katrina

Claro k não levo a mal e aquilo era só um desafio mas eu sei k te ia expor muito : eu meti o teu nome mas tu aceitavas se kisesses ... eu tb hesitei muito em aceitar pq tal como tu tb nao kero expor a minha vida nem dizer o meu nome mas no fim aceitei o desafio , a minha vida tb é complicada mas tenho dado a volta por cima ... se um dia kiseres falr eu tou cá , vou deixar o meu mail :
mulher_rochedo@simplesnet.pt

bjocas e bom dia amiga


De Anónimo a 3 de Outubro de 2006 às 13:41
O gosto da tua pele
sal impregnado em meus lábios
que me mata de sede
à beira da fonte dos teus prazeres.

O teu gosto na minha boca
mel que sacia meus desejos
na hora derradeira
do medo de te perder
em meio aos lençóis.

O teu cheiro impregnado
no meu corpo
perfume raro que nem a chuva
leva de mim...


Deixo um pequenito beijo ao sabor do vento....


De pequenita a 3 de Outubro de 2006 às 13:42
O gosto da tua pele
sal impregnado em meus lábios
que me mata de sede
à beira da fonte dos teus prazeres.

O teu gosto na minha boca
mel que sacia meus desejos
na hora derradeira
do medo de te perder
em meio aos lençóis.

O teu cheiro impregnado
no meu corpo
perfume raro que nem a chuva
leva de mim...


Deixo um pequenito beijo ao sabor do vento....


De PG a 4 de Outubro de 2006 às 00:18
Ausente eu poderei estar..
mas nunca esquecerei..
a presença do teu olhar
um amor que jamais saboreei..

jinho
PG


De estrelinha perdida a 4 de Outubro de 2006 às 10:24
bem, nem sempre a ausência de alguém é má................se pensarmos no momento em que se vão reencontrar!!!
hhhuuuummmmmm


Comentar post

mais sobre mim
Fevereiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
29


Últimas cartas

Hoje, amanhã, depois e de...

As voltas que a vida dá.....

Voltei!!!

Feliz Natal!

Saudades do Natal

Meu sol...

Afogada

Fazer feliz

Stress? Quem? Eu?? Nã...

Everything

Cartas antigas

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

tags

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds