I wrote your name in the sky, but the wind blew it away... I wrote your name in the sand, but the waves washed it away... I wrote your name in my heart, and forever it will stay.
Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2006
Às vezes o Amor?

...

Quando o amor
Me entra de repente
P´la porta da frente
E fica a porta escancarada
...

P´ra te ter
P´ra que de mim não te zangues
Eu vou-te dar
A pele, o meu cetim
Coração carmesim
As carnes e com elas sangues

Às vezes o amor
No calendário, noutro mês, é dor,
é cego e surdo e mudo

...


E se um dia a razão
Fria e negra do destino
Deitar mão
À porta, à luz aberta
Que te deixe liberta
E do pássaro se ouça o trino

Por te querer
Vou abrir em mim dois espaços
P´ra te dar
Enredo ao folhetim
A flor ao teu jardim
As pernas e com elas braços

Às vezes o amor
No calendário, noutro mês, é dor,
É cego e surdo e mudo

E o dia tão diário disso tudo

Mas se tudo tem fim
Porquê dar ao amor guarida
Mesmo assim
Dá princípio ao começo
Se morreres só te peço
Da morte volta sempre em vida

excertos de "Ás vezes o amor", Sérgio Godinho

 

    Às vezes o amor... às vezes nós...  é possível escolhermos? Será que sabemos escolher entre o amor e nós? Ou  em outros pressupostos: ás vezes o amor... ás vezes o mundo? 

    O mundo muitas vezes coloca-se em oposição ao amor. E às  vezes o escolhemos em deterimento do amor... em deterimento da paixão e da vontade... em deterimento daquilo que no nosso profundo queremos... algumas vezes, muitas vezes....

   O que perdemos não sabemos...porque o perdemos. Porque não o vivemos... porque deixamos passar a ocasião... Podemos ter uma ideia, até tentar adivinhar...mas nunca o saberemos. Lamentá-lo depois de pouco nos servirá. Tentar remediá-lo... quem sabe?

   Às vezes o amor? Ou sempre o Amor?

Quando o amor
Me entra de repente
P´la porta da frente
E fica a porta escancarada


sinto-me: a pensar na oportunidade...
música: "Às vezes o amor", Sérgio Godinho
tags:

publicado por katrina19793 às 00:21
link do post | Respondes? | favorito

3 comentários:
De Pequenita - Quando o Teu Corpo e o Meu.. a 15 de Dezembro de 2006 às 10:59
Gosto desse teu ar tristonho,
desse olhar de melancolia,
mesmo nos momentos de prazer e de sonho,
ou nos instantes de amor e de alegria...

Gosto dessa tua expressão de ternura
tão suave e feminina,
desse olhar de ventura
com um brilho úmido a luzir num profundo langor...
Desse teu olhar de meiguice que me cativa e domina,
tu que dás sempre a impressão de quem precisa
de proteção e amor...

Desse teu ar de menina, desse teu ar
que te faz mais mulher
ao meu olhar...

Gosto de tua voz, tranqüila, do tom manso
com que falas, como se acariciasses
até as palavras que dizes;
de tua presença, que é assim como um quieto remanso,
um pedaço de sombra onde me abrigo
quando somos felizes...

Gosto desse teu jeito calmo, sossegado,
com que te encostas em meu peito
e te deixas ficar
entre ternuras e embaraços,
como se tudo ficasse, de repente, parado,
e teu mundo pudesse ser delimitado
pelos meus braços...

Gosto de ti assim, pequenina, macia,
quando te aperto contra mim e te sinto
minha
(inteiramente nua)
e tens um ar abandonado, como quem caminha
sonâmbula, por um estranho caminho
feito de céu e de lua...

Bom fim de semana.......beijocasssssssssssssss by Pequenita


De estrelinha perdida a 15 de Dezembro de 2006 às 14:49
bem....este blog está inspirado ;)
beijinhos, e um bom fim de semana


De acassiacleta a 16 de Dezembro de 2006 às 21:53
O amor acontece...e se chega de repente, o melhor é deixar que aconteça num dia de cada vez...sem pensar nos prós e nos contras...sem decidir ou escolher...viver o momento sem pensar no amanhã porque de nada vale fugir ao destino. O que tem de ser será! Quem sabe não será sempre o Amor? ;) Beijinho e bom fim de semana


Comentar post

mais sobre mim
Fevereiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
29


Últimas cartas

Hoje, amanhã, depois e de...

As voltas que a vida dá.....

Voltei!!!

Feliz Natal!

Saudades do Natal

Meu sol...

Afogada

Fazer feliz

Stress? Quem? Eu?? Nã...

Everything

Cartas antigas

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

tags

todas as tags

links
blogs SAPO
subscrever feeds