I wrote your name in the sky, but the wind blew it away... I wrote your name in the sand, but the waves washed it away... I wrote your name in my heart, and forever it will stay.

Quarta-feira, 14 de Fevereiro de 2007
Memórias

   Na rádio toca uma balada antiga e entro na nostalgia da música... Lembro o primeiro dia, o dia em que nos conhecemos. Lembro que ao chegar perto de ti a curiosidade aumentava e como as minhas mãos tremiam! Lembro do teu olhar assim que despiste os óculos de sol e da tua voz suave e ternurenta. Não sabia bem o que iria encontrar e imagino que tu pensasses o mesmo. Foi bom o sorriso, a conversa, o toque... lembro que me pegaste as mãos... toque suave e quente. Sabes, às vezes penso como seria bom voltarmos a essa inocência inicial... como depois as coisas se deturpam e os problemas corroem as relações e as pessoas. Depois penso que tudo o que passamos também tem ou teve a sua razão de ser e a perda da inocência é um mal necessário... Depois lembro dos encontros seguintes até chegarmos ao pôr-do-sol. Atrevo-me a dizer que foi o mais belo da minha vida. Atrevo-me a dizer que foi o mais quente, o mais intenso...

   Quando estamos a conhecer alguém fica sempre no ar a dúvida sobre o que poderemos ou não dizer ou fazer. Pelas tuas palavras sentimo-nos adolescentes! E foi mesmo isso... senti-me uma adolescente...

   (e agora começou a tocar na rádio "eu quero ver o pôr-do-sol lindo como ele só" Nem de propósito!!!)

   O teu "atrevimento" surpreendeu-me sim, mas foi muito bem aceite. Senti-me muito bem sendo "conduzida" por ti e o teu abraço envolveu-me de tal forma que pareço mesmo encaixar toda em ti como dizias. O que aconteceu depois não sei se consigo descrever... acho que o melhos a dizer é: mel... senti todo o teu mel na minha boca e saber que nem tenho noção do tempo que ficamos a nos "degustarmos"... Já vimos outros pôr-do-sol desde aí, mas este foi o mais marcante sem dúvida!

    Agora neste momento sabes o que sinto? Desejo fechar os olhos e voltar a esse momento...  ainda consigo sentir a pressão dos teus lábios nos meus... a força do teu abraço no meu corpo, o teu desejo... Sinto que queria repetir todos os dias esta magia, que a vida deve-nos isso, porque nos deve a felicidade e porque este foi um momento feliz!


sinto-me: meladinha ...bzzzzzzzzzz
música: I didn´t know i was looking for love (favor ouvir!!)
tags:

publicado por katrina19793 às 15:33
link do post | Respondes? | As tuas respostas (6) | favorito

Segunda-feira, 29 de Janeiro de 2007
Complicar?

   Continuo sem perceber porque é que coisas simples se transformam em grandes complicações...provavelmente não vou obter aqui a resposta... Se não complicassemos tanto a nossa e a vida dos outros não seríamos todos mais felizes? E digo isto pelas mais variadas razões... e porque afinal o objectivo continua a ser  "Ser feliz".

   Perguntei recentemente a alguém qual a sua noção de felicidade, o que lhe fazia feliz. A resposta foi que a felicidade é um estado passageiro e que provavelmente não haveria uma felicidade duradoura... que a natureza e que todos os seus elementos que acarretam uma "energia positiva" são o que podem desencadear o sentimento de felicidade. Esqueceu-se das pessoas... engraçado como as pessoas nem sempre entram na ideia de "ser feliz" umas das outras. São opiniões é certo, coisas pessoais, formas de ver e viver a vida, mas fiquei a pensar... afinal onde param as pessoas no ideal que temos e tenho sobre "ser feliz"? Serão a família, aqueles a quem amamos, os amigos capazes de nos ajudarem a alcançar a felicidade? Estará a felicidade num gesto de carinho, numa palavra agradável, num sorriso quem sabe ou estaremos assim tão desacreditados nas pessoas que já nem valorizamos nada disto? Mesmo com fé diminuída cada vez mais nas pessoas penso que não, logo continuo a pensar que tudo isso é importante para sermos felizes. Não serão  esses pequenos gestos, em especial de quem gostamos, que nos fazem sentir amados, queridos, e não será essa uma parte importante do "ser feliz"?

   Um sorriso vale por mil palavras, tal como um olhar ou um gesto e na medida certa provocarão a quem dirigidos uma sensação de bem estar, talvez a tal felicidade passageira... Quantos de nós tivemos oportunidade de senti-la e de permitir que alguém seja agraciado por ela e passamos ao lado? Quantas vezes ficamos distraídos com outras coisas e perdemos o momento... porque complicamos...

   Quero coisas simples, quero preto no branco sem rodeios, quero entender e fazer-me entender... Não quero complicar nem perder o momento de "ser feliz" e quero saber aproveitar a minha oportunidade para fazer alguém feliz... Peço muito?


tags:

publicado por katrina19793 às 14:13
link do post | Respondes? | As tuas respostas (6) | favorito

Sábado, 6 de Janeiro de 2007
Ao rubro

(Foto tirada da internet)

Horas Rubras

Horas profundas, lentas e caladas
Feitas de beijos sensuais e ardentes,
De noites de volúpia, noites quentes
Onde há risos de virgens desmaiadas...

Ouço as olaias rindo desgrenhadas...
Tombam astros em fogo, astros dementes.
E do luar os beijos languescentes
São pedaços de prata p’las estradas...

Os meus lábios são brancos como lagos...
Os meus braços são leves como afagos,
Vestiu-os o luar de sedas puras...

Sou chama e neve branca misteriosa...
E sou talvez, na noite voluptuosa,
Ó meu Poeta, o beijo que procuras !

Florbela Espanca


sinto-me: "beijos languescentes" kerooo

publicado por katrina19793 às 14:47
link do post | Respondes? | As tuas respostas (4) | favorito

Domingo, 31 de Dezembro de 2006
Adeus 2006!!!

Quantas vezes vais olhar para trás
Estás preso a um passado que pesou     
Quantas vezes vais ser tu capaz
Fazer sair quem por engano entrou

Abre a tua porta, não tenhas medo
Tens um mundo inteiro à espera para entrar
De sorriso no rosto talvez o segredo
Alguém que te quer falar

Olha em frente e diz-me aquilo que vês
Reflexos de quem conheces bem
Ouve essa voz é a tua voz
Dá-lhe atenção e a razão que tem

Deixa o mundo girar para o lado que quer
Não o podes parar nem tens nada a perder
Estás de passagem
Não o leves a mal se te manda avançar
Talvez seja um sinal que não podes parar
Estás de passagem

Vai aonde queres
Sê quem tu quiseres
Estende a tua mão
A quem vier por bem

Deixa o mundo girar para o lado que quer
Não o podes parar nem tens nada a perder
Estás de passagem
Não o leves a mal se te manda avançar
Talvez seja um sinal que não o podes parar
Estás de passagem, só de passagem, estou de passagem
Para outro lugar

"Deixa o mundo girar"-Pólo Norte

  Finalmente acaba 2006... digamos que foi uma "agonia lenta". Um ano de recordações boas e más, um ano de decisões igualmente boas e más. Um ano de tristeza e alegria, de riso e de lágrimas... gostaria de dizer que foi mais riso que lágrimas, mas infelizmente não foi. Está a terminar felizmente... a vida continua e recompõe-se devagarinho... mais bons e maus momentos se adivinham, mais decisões a tomar...

    "Quantas vezes vais olhar para trás, estás preso a um passado que pesou... Abre a tua porta, não tenhas medo tens um mundo inteiro à espera para entrar... Não o leves a mal se te manda avançar, talvez seja um sinal que não podes parar: estás de passagem"... Aqui está o meu percurso de 2006! Continuo a olhar timidamente para trás, mas sem a mínima vontade de regressar ao passado. O sinal para avançar foi dado e lá vou eu de sorriso no rosto, às vezes incrédulo, às vezes descrente, mas com a certeza que tive e tenho de manter a porta aberta e aceitar a minha passagem.

    Desejos para 2007? Vale a pena desejar? Já nem sei... Paz, Amor, Saúde... o normal da época... tudo o que possa ajudar o meu mundo a voltar a girar como eu gosto!!

P.S.- A música em foco no blog não podia deixar de ser a que mais rodou por aqui este ano "Just feel better", porque na verdade tentei fazer sempre aquilo que me fez sentir bem!!! ;)


sinto-me: axim meia nostálgica....
música: Just feel better
tags:

publicado por katrina19793 às 16:03
link do post | Respondes? | As tuas respostas (5) | favorito

Sexta-feira, 8 de Dezembro de 2006
Encontro

"Tudo o que chega, chega sempre por alguma razão"

Fernando Pessoa



publicado por katrina19793 às 02:09
link do post | Respondes? | As tuas respostas (12) | favorito

Quarta-feira, 24 de Maio de 2006
Acreditar em nós

   Há alguns dias atrás escrevi sobre acreditarmos nos outros... até que ponto podemos ter fé nas pessoas e capacidade para confiar nelas. Hoje apetece-me falar sobre a confiança em nós próprios. Será essa a mais importante? Para mim é sem dúvida.

   Acreditar em mim mais do que em qualquer outra pessoa é fundamental. Fortalecer o espírito e abrir a mente, para que o corpo aguente a pressão do mundo.

   É estranho, mas também não é fácil acreditarmos em nós, acreditarmos que somos capazes de ultrapassar isto ou de fazer aquilo. É uma questão de auto estima, mentalização e bem estar connosco próprios. Eu já deixei de acreditar em mim em certa altura da minha vida, mas felizmente recuperei essa confiança na pessoa mais importante do mundo para mim que sou eu própria!! Acreditem que não foi fácil, mas provavelmente foi a coisa mais inteligente que fiz na minha vida mais recente. Começar a acreditar em mim e nas minhas capacidades em lutar por uma vida mais feliz.

   Querer..querer é fácil... mas QUERER mesmo é fazer e acreditar. E EU QUERO SER FELIZ!!!!!!

 


sinto-me:

publicado por katrina19793 às 22:07
link do post | Respondes? | As tuas respostas (5) | favorito

Ouve-me
mais sobre mim
Fevereiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
29


Últimas cartas

Memórias

Complicar?

Ao rubro

Adeus 2006!!!

Encontro

Acreditar em nós

Cartas antigas

Fevereiro 2008

Janeiro 2008

Dezembro 2007

Novembro 2007

Outubro 2007

Setembro 2007

Agosto 2007

Julho 2007

Junho 2007

Maio 2007

Abril 2007

Março 2007

Fevereiro 2007

Janeiro 2007

Dezembro 2006

Novembro 2006

Outubro 2006

Setembro 2006

Agosto 2006

Julho 2006

Junho 2006

Maio 2006

Abril 2006

Março 2006

tags

todas as tags

links
Quantos lêem?
online Counters
Counters
Linka-me...
EU QUERO SER FELIZ!!

blogs SAPO
subscrever feeds